quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Bizarrices da academia


Buscando papers aleatórios na web, trombei com este. Basicamente, a contribuição do artigo é ser o primeiro com quatro co-autores com o mesmo sobrenome -- Goodman, Goodman, Goodman and Goodman (2014). Só isso. Abaixo o abstract:
We explore the phenomenon of coauthorship by economists who share a surname. Prior research has included at most three economist coauthors who share a surname. Ours is the first paper to have four economist coauthors who share a surname, as well as the first where such coauthors are unrelated by marriage, blood or current campus.
E são todos pesquisadores sérios: um dos Goodman é de Harvard, outro de Maryland, o terceiro do Fed, e o quarto de Wayne State.

Pior: está forthcoming no Economic Inquiry.

Aliás, o próprio Economic Inquiry já tinha publicado um paper empírico do James Heckman, acerca do efeito de orações sobre o comportamento de Deus (aqui).

12 comentários:

  1. o paper tem cara de ter sido escrito durante a passagem diária pelo trono

    ResponderExcluir
  2. Nessa linha, tem um paper de física famoso: Alpher–Bethe–Gamow paper ("The Origin of Chemical Elements", April 1948 issue of Physical Review). O Gamow teria convidado Bethe para assinar o paper para ter a sequencia alfa, beta e gama.

    ResponderExcluir
  3. http://faculty.smu.edu/millimet/classes/eco7377/papers/siegfried.pdf

    ResponderExcluir
  4. Depois daquele escândalo da descoberta pela Nature dos artigos gerados no SCIgen (gerador de lero-lero acadêmico) que foram publicados em grandes revistas acadêmicas, é bem dificil acreditar na seriedade da ciência como instituição hoje em dia.

    Não obstante, o que vale mais para ter sucesso acadêmico internacional é 1) Nascer no país certo; 2) Estudar nas universidades tops; 3) Ser bom na punhetagem mental; 3) Ser bem relacionado; 4) O mais importante, ter uma família muito bem abastada que te sustente e pague as melhores universidades por vários e vários anos de undergrad, grad, phd, etc. e permita que você use 100% do tempo para aprender o besterol inútil que transmitem nesse meio sem ter se preocupar com o próprio sustento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo isso no bom e velho estilo da MERITOCRACIA B)

      Excluir
  5. ." We thank Yoram Bauman and four
    anonymous referees for valuable feedback."

    Yoram Bauman é conhecido como o "stand-up economist"

    ResponderExcluir
  6. li esta noticia e gostaria de saber a opinião dos autores e leitores do blog. Me parece mais uma ediçao do bom e velho confisco. http://app.folha.com/m/noticia/479242

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todo imposto é um confisco, pq esse seria diferente?

      Excluir
  7. Ainda nessa linha, segue uma pequena seleção: http://qed.econ.queensu.ca/working_papers/papers/qed_wp_1083.pdf

    https://helda.helsinki.fi/bitstream/handle/10138/27239/maleorga.pdf

    http://www.princeton.edu/~pkrugman/interstellar.pdf

    ResponderExcluir
  8. Professor, tem como você comentar sobre : http://forumdaliberdade.com.br/wp-content/uploads/2014/04/Index2014_Highlights-Port-final.pdf

    ResponderExcluir
  9. Podemos "afirmar" que os estados onde o Aécio venceu são mais rápidos na apuração? rsrsr...
    Abraço, Raul

    ResponderExcluir