quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Dê uma cenoura para sua paquera (ou Incentivos em "Dating Markets")


Nada de DSGE nem nenhuma análise profunda por um tempinho de minha parte. O que trago agora é esse achado: um site onde homens trocam presentes em troca de um primeiro encontro (a date). O site é o Carrot Dating. O site é claro na sua motivação: usar propina (bribe) para conseguir a atenção e um primeiro encontro com a sua escolha preferida ("first best").
Na descrição do próprio site:
Carrot Dating is the world’s first mobile app where singles can use bribery to get first dates. This unique approach teaches singles to always bring something to the table. Whether it is a special gift or a unique activity, the Carrot Dating app gives you the power to prove your worth and date the man or woman of your dreams.
Cenouras
Os presentes oferecidos vão de um mero buquê de flores, um jantar romântico, passando por tickets pra shows, até cirurgia plásticas. Imagino que a "cenourinha" pode ser o que a pessoa estiver disposta a oferecer. 

O site -- na verdade um aplicativo para telefone --, foi idealizado por um ex-aluno do MIT, Brandon Wade. O sujeito parece já ter feito bastante dinheiro explorando -- em outros sites como o whatsyourprice.com -- o mesmo princípio: organizar um mercado de dating onde as transações (i.e.,  os "dating matchings" de quem sai com quem) são resolvidos no melhor estilo leilão de primeiro preço: leva o "date" quem fizer a oferta e maior valor -- sob a restrição, imagino, que tal valor satisfaça a restrição de participação...sim, porque é razoável assumir que as mulheres/homens nesse serviço não estejam dispostos a sair de casa por qualquer coisa. 

Cenouras como sinalização
As "cenouras" oferecidas são claramente devices de sinalização. Do quê exatamente não é óbvio. Pode ser sinal de desespero e alguma forma de inaptidão social, em qual caso os lances de maior valor não necessariamente levariam ao aceite pelo outro lado. Mas pode ser visto como sinal de riqueza (um traço que doesn't hurt) e interesse na pessoa do outro lado.

Hipóteses
Adoraria por a mão nos dados coletados pelo aplicativo. Valeria a pena testar algumas hipóteses. Por exemplo:
  • Qual a correlação entre o rating médio de beleza das mulheres/homens e o "market-value" das propinas aceitas?
  • Como um lado do mercado "trades off" o valor das propinas e as características observáveis de quem dá o lance (beleza, educação, altura, riqueza etc)? Como seriam as taxas de troca entre uma coisa e outra ao longo da escala dessas coisas?
  • Que modelo melhor explica o sucesso subsequente dessas "first dates"? Se algum, porque isso pode ser no fim das contas um mercado estritamente de first dates.
Como seria esperado, o aplicativo tem recebido uma cobertura negativa da impressa -- veja, por exemplo, o que diz o Huffington Post.

Prostituição ou "being nice"?
O aplicativo levanta a seguinte questão: quando aceitar um presente de alguém romaticamente interessado em você cruza a linha da prostituição? Hard question...

17 comentários:

  1. um DATA desses faria a ciência evoluir significativamente kkkkk também gostaria de ter tais dados pra rodar correlações e fazer controle de variáveis

    Bom post alias, e isso vem de um crítico duro kkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obg Marcelo. Seus comentários são bem vindos e acredite: a gente se diverte com você. No worries.

      Fiquei curioso: o que faz a ciência (econômica, presumo) evoluir? Pensa aí e nos fala porque muita gente (eu incluso) gostaria de saber o quê pra se dedicar no trabalho só a isso.

      Excluir
    2. Acho que você não entendeu

      Mas um DATA tão rico desses sobre human behaviour iria poder fundamentar muito melhor as ciências sociais, acenderia as discussões entende ?
      Deixa tudo mais behaviour-fundamentado .......

      Quem sabe seria tão importante quanto os microdados sobre frequência com que as empresas ajustam os preços foram para os new-keynesian
      Acho que após esse esclarecimento você vai pegar o espírito do meu post



      E quanto a mim kkkkk eu gosto de por a mente para trabalhar ..... e expor meus comentários pra tomar paulada é um modo de repensa-los ...... ainda to no segundo ano de graduação então to naquele periodo de efervescência de idéias e criatividade .....

      Espero que ainda vejam meu nome, mas num ranking da REPEC como hoje se pode ver o do Fabio Kanzuck

      Excluir
  2. Marcelo,
    " ainda to no segundo ano de graduação então to naquele periodo de efervescência de idéias e criatividade ."

    Cara, na boa, aproveite esse período e vá atrás de mulher. Use as "ideias e criatividade" para isso. No tempo que sobrar, estude os manuais de economia direitinho. (Troque o gênero do comentário, se isso for o caso.).
    Ass.
    Um zé mané que não fez isso quando tinha a tua idade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahahaha agradeço o conselho, mas vou insistir no meu erro.

      Excluir
    2. Foder eh bom e vai ajudar na sua auto-confiança. Experimente.

      Excluir
    3. Pqp....vocês viram que eu tentei. Agora vamos ter que aguentar um onanista julgando os posts alheios, com tanta mocinha bonitinha e legal por aí.
      O anônimo das 18:28

      Excluir
  3. O duro é dar o presente e não levar nada, ou seja, ser o famoso paga-lanches...

    ResponderExcluir
  4. Sergio Almeida, você pode escrever o que você quiser. 3 dos 5 posts mais populares são seus!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mãe? É você? Já não disse pra parar com isso? Assim você me envergonha. Vamos ter uma conversa depois...

      Excluir
  5. Arrume uma namorada gostosa , estude muito muito e seja feliz.

    :D

    Ficar só estudando faz mal pra saúde.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Estude muito muito"

      "Ficar só estudando faz mal pra saúde."

      Se decida jovem!

      Excluir
    2. "Arrume uma namorada gostosa "... não precisa ser gostosa. Qq namorada é melhor do que nenhuma...

      Excluir
  6. Só o que ganhar paga ou é possível ser um "paga-lanche" como disseram acima?

    ResponderExcluir
  7. Me parece uma prostituição "soft" mesmo.

    ResponderExcluir